terça-feira, 25 de maio de 2010

alegações finais #5



«É rumo à liberdade, rumo à liberdade, o mundo velho tem de ruir, acorda, brisa da manhã.
E é marcar passo e esquerdo direito, esquerdo direito, marchar, marchar, pr'á guerra vamos, cem músicos connosco levamos, com pífaros e tambores, rataplão-plão-plão, direitinhos andam uns, outros entortarão, firme s'aguentam uns, outros caem ao chão, em frente correm alguns, mudos outros se quedarão, rataplão-plão-plão.»

Alfred Döblin, "Berlim Alexanderplatz", Publicações Dom Quixote, 1992