quinta-feira, 6 de maio de 2010

durante dois anos a minha avó insistiu comigo que deveria vestir-me melhor

que uma pessoa que tem um negócio devia andar mais arranjada. que as calças caíam do rabo. que os ténis eram velhos. que o casaco tinha um buraco. que o cabelo estava torto.

pronto avó, ganhaste. mas onde é que estão clientes que apreciem esta farpela? onde?