quarta-feira, 12 de maio de 2010

Um recadinho



vou ao mercado
peço-te que me esperes aqui até eu voltar
podes lavar a tua roupa se te sentires aborrecida
e se a porta te perturbar
então arranca-a
e põe qualquer coisa no seu lugar
peço-te que não deixes a tua cara no espelho
e não saias pela janela
não te mates como é teu costume
mas
espera-me
aqui
até
eu voltar



-"Ítaca Nº1, cadernos de ideias, textos e imagens" - Ahmed Barakat / trad: André Simões