terça-feira, 8 de junho de 2010

Breves Notas



A ciência estuda aquilo que se repete. Foge do único ou faz do único um soldado: como se o irrepetível fosse apenas o pormenor de algo Maior que, afinal, se repete.
A ciência diz: se é irrepetível, se não tem leis, se não é previsível, se é, pois, ilógico, então é apenas pormenor. O mais importante é, para a ciência, aquilo que se repete, isto parece óbvio. Porém, qualquer criança sabe que a quantidade 1 torna qualquer bem precioso.
A ciência, dirão alguns críticos excessivos, não se interessa pelo diamante, que é raro, a ciência vive obcecada pelo cascalho, que é muito.Negrito



- "Breves notas sobre ciência" - Gonçalo M Tavares