terça-feira, 17 de maio de 2011

10

Apaga meu pesar,
porque ninguém consegue desfazê-lo;
veja-te o meu olhar,
pois és lume a acendê-lo,
e apenas para ti desejo tê-lo.

S. João da Cruz, Poesias Completas, BI, trad. José Bento