domingo, 22 de maio de 2011

agora o que ia bem aqui era o título de uma música


Nunca me importei com reservas ficcionadas: para ser sincera, tinha que ser eu. Nunca pretendi fazer disto literatura, embora tivesse que escrever. Como quem comunica, sim, mas tantas vezes como quem não consegue nem pode comunicar.