terça-feira, 3 de maio de 2011

«Prive o homem comum da sua mentira vital e ter-lhe-á roubado a felicidade.»

(reciclagem karamazoviana)