domingo, 5 de junho de 2011

não cheguei a perceber se sou uma optimista ou uma pessimista

espero sempre o pior mas nunca me nego à viagem. (não deixo de pensar que há uma terceira hipótese, a de não ser muito inteligente)