terça-feira, 18 de junho de 2013

de todos os discursos que rodeiam hh o que mais me espanta é aquele que defende que o livro terá sido comprado por pessoas que o não vão ler. eu até percebo a ideia, mas levanta suspeitas (quem nunca comprou um livro que não vai ler que atire a primeira pedra). sobre hh todos os discursos têm um aspecto em comum: são chatos (honrosa excepção).