quarta-feira, 24 de julho de 2013

quero outra noite no fim do dia


«Assim nasceu a história do País das Maravilhas:
Assim, um por um, lentamente,
Se desfiaram seus estranhos eventos –
E agora a história acabou,
E remamos para casa alegremente
Debaixo do sol que baixou.

Alice! Uma história tão pueril!
E, como uma mão gentil,
Guardemo-la onde os sonhos de infância
Se enlaçam no coração da memória,
Como a murcha grinalda do viajante
Colhida numa terra distante.»

Lewis Carroll, "As Aventuras de Alice no País das Maravilhas", Relógio D'Água, 2007