sábado, 21 de setembro de 2013

"Foi precisamente no Heraion que teve início a história da primeira traição de Zeus, origem de todas as vinganças."

"Para trair Hera escolheu uma das suas sacerdotisas, o ser humano que mais próximo estava dela, na medida em que guardava as chaves do santuário: Io. No seu aspecto, nas suas vestes, Io devia reflectir a imagem da deusa que servia. Era uma cópia que tentava imitar uma estátua. Mas Zeus escolheu a cópia, desejou a diferença mínima, suficiente para perturbar a ordem, para gerar o novo, o significado. E desejou-a porque era uma diferença, porque era uma cópia. Quanto mais insignificante é a diferença, maior é a vingança."