terça-feira, 22 de outubro de 2013

Vocês hão-de convir que, ser rapariga e não ter sequer 30, pode (e reparem que é apenas uma possibilidade) dificultar a leitura do Youth do Joseph Conrad.