segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Há um poema sobre um homem que engoliu uma serpente.


O que eu não esqueci desse poema: o bastão, a maçã e o caminho.