sexta-feira, 15 de novembro de 2013

quando me sentei a comer o pãozinho com manteiga é que a coisa bateu. e então tive vontade de telefonar ao meu amor, o que não fiz porque ontem deixei o telemóvel no restaurante. nessa manhã eu já tinha querido dizer coisas a meio mundo, mas fiquei calada, por dificuldade técnica. só posso dizer que rendeu. não dar o ouro ao bandido - isto é, não entregar cada pensamento à primeira criatura munida de orelhas que me vem à ideia - permite-me pensar pelo menos mais 5 minutos do que o costume. uma vitória.