terça-feira, 28 de janeiro de 2014

«It doesn’t matter. What matters?»

Quando encontro alguém que conheço mal gosto de falar-lhe daquilo que não percebo: o que é matéria viva? Falámos sobre isto o tempo todo, sobre a água e as pedras, sobre o movimento dos átomos, sobre cães e doenças de cães. 

Matéria, em inglês, diz-se matter. Isto deve significar que, para os ingleses, aquilo que importa é a matéria, a substância física (lembrei-me agora que ela também me disse que não tinha gostado dos Diários da Virginia Woolf e que o Blanchot também não gostava nada).

Mas o que eu queria dizer era isto: na próxima quinta-feira, às 18:00, vou falar d'As Ondas na Casa da Achada. A entrada é livre. A matéria não sei.