sábado, 22 de fevereiro de 2014

Governo possui há anos listas com 900 edifícios que podem ter amianto (sobretudo escolas) - o que, como todas as questões de Saúde e Ambiente, está longe de ter alguma importância, sobretudo se atendermos ao facto de que  morrem 39 pessoas por ano com mesotelioma, o cancro causado pelo amianto. Eu tive oportunidade de conhecer uma dessas pessoas, à qual sobraram dois filhos e uma viúva, mas a nossa democracia lida com cidadãos, não com pessoas, pelo que as histórias de vida se diluem noutras contabilidades. Adiante.