quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

mais preconceito que orgulho

sempre que alguém cita Nietzsche a meio de uma discussão fico imediatamente desconfiada: há uma grande e terrível probabilidade que essa pessoa venha a citar apenas Nietzsche em todas as discussões.