segunda-feira, 5 de abril de 2010

com cinco letrinhas apenas, sugeriu mathew the porcupine

12
OS falcões
sempre demasiado longe do teu olhar
raramente os vistes de perto.
Um em Étretat vigiava o voo
desajeitado dos seus filhotes.
Dois outros na Grécia, no caminho de Delfos,
uma briga de macias penas, dois bicos jovens
inofensivos e audazes.
Agradava-te a vida feita de pedaços
aquela que jorra da sua insuportável
trama.
Eugenio Montale, Poesia, Assírio e Alvim, José Manuel de Vasconcelos (trad.), 2004