quinta-feira, 8 de abril de 2010

a falta de vocação

e a pergunta de hoje é: como é que podem crescer, decentes, as pessoas, nas mãos de outras, tão pouco exemplares? problema de sintaxe. problema pessoal. a livreira está de mau humor e, por isso, pode ser menos simpática para a clientela. problema existencial: as criancinhas são terríveis, os pais não as aguentam, depositando-as nas escolas o maior número de horas que conseguem, deixando-as nas mãos de professores que também não as suportam. as criancinhas crescem e tiram licenciaturas e vão dar aulas a criancinhas que também não suportam (e vão ter filhos que não se aguentam). a falta de vocação no ensino é escandalosa. parece-me que alguns pedagogos vivem a profissão como uma pena que têm de cumprir (a bem das férias mais compridas e de outros benefícios). e quantos pais não vivem a relação com os filhos como um azar que lhes aconteceu, uma coisa de que não se poderão ver livres? estou furiosa.