quarta-feira, 21 de abril de 2010

o homem de quarta-feira #31



«Assim que apanhei o Tom a sós, perguntei-lhe qual era a ideia, na altura da evasão - o que é que contava fazer se a evasão tivesse ocorrido como deve ser e se tivéssemos conseguido libertar um preto que já era livre? Ele disse aquilo que tinha planeado desde o princípio era que se conseguíssemos tirar o Jim dali ileso, íamos descer o rio com ele, sempre a ter aventuras até chegarmos à foz; depois contávamos-lhe que ele era livre e trazíamo-lo de volta para cima num vapor, em grande estilo, pagávamos-lhe pelo tempo que tinha perdido; escrevíamos uma carta antes de chegar, para reunir os pretos todos e entrávamos com ele na cidade a dançar com uma procissão de candeias e uma banda e então ele seria um herói, e nós também.»

Mark Twain, "As Aventuras de Huckleberry Finn", Relógio D'Água, 2009