sexta-feira, 21 de maio de 2010

a frase certa

encontrei-a hoje, por acaso, fora de casa. procuro há bastante tempo uma frase que possa usar para explicar porque não gosto de certo poema ou de certo poeta. tem sempre que ver com uma coisa muito particular e inexplicável - por vezes tenho a sensação de que aquilo que leio não é verdade. e a verdade, neste caso, não tem que ver com a realidade ou com qualquer uma destas noções que tentam dar um carácter objectivo ao que, por natureza, nunca será. a sensação de que estou a ler algo verdadeiro pode acontecer-me com uma tremenda mentira mas isso não importa - o que me interessa é que essa sensação me seja provocada. daqui por diante deixarei de tentar explicar estas confusões e passarei a dizer apenas que
a diferença entre os pequenos e os grandes poetas
é o que separa o ilusionismo da magia


[disse-o o miguel martins no livro penúltimos cartuchos da tea for one publicado em 2008]