terça-feira, 1 de março de 2011

Monsieur Teste c'est moi



"Por isso a literatura só profundamente me interessa por exercitar o espírito a certas transformações -, aquelas onde as excitantes propriedades da linguagem desempenham um papel capital. Posso, com certeza, ficar preso a um livro, lê-lo e relê-lo com delícia; mas só me possui até ao fundo se encontrar nele as marcas de um pensamento com força equivalente à da própria linguagem. A força de vergar o verbo vulgar a fins imprevistos."


-"O Cemitério Marinho" - Paul Valéry - Hiena Editora